3.13.2009

dúvida existencial


Em quem é que um SOCIALISTA convicto vota nas próximas legislativas?

18 comentários:

Basilisco Enfatizado disse...

Não vota, simplesmente. É fugindo que nos encontramos.

Anónimo disse...

"It just isn't fair," Yotam says impotently, close to tears. "Do these people know what it was like? Hamas was hiding out in residential areas. If they're shooting at you from a house, how are you supposed to know how many civilians are inside? As a commander, I tried very hard not only to do the legal thing, but to do the moral thing, too. Hamas didn't care - they violated every human and legal principle I can think of. It just isn't fair. "


http://www.jpost.com/servlet/Satellite?cid=1236764169320&pagename=JPost%2FJPArticle%2FPrinter

Assunto para o Tribunal Internacional de Haia?

Su disse...

Caro anónimo, li com atenção todo o artigo que linkou. Do meu ponto de vista existem vários níveis de responsabilidade a apurar nesta questão, interna e/ou internacionalmente. Por um lado temos a responsabilidade política da decisão da ofensiva e dos moldes em que decorreu. Depois, as estratégias e "coordenadas" que as altas patentes definiram e, num último plano, a execução das mesmas no terreno.
Que o hamas usou de escudos humanos já todos sabemos, mas não creio k todas as mortes de civis sejam resultado disso. Este militar Yotam nada tem a temer se executou a suas ordens e procurou não matar civis.
Mas o essencial é apurar que ordens foram dadas e se a morte desnecessária de civis foi ou não "encomendada". Há aqui uma hierarquia de responsabilidade, e pessoas como Yotam estão no final da cadeia.
A mim interessa-me saber, sobretudo, se foi ou não utilizado fósforo branco em zonas densamente povoadas. Esta sim, sem dúvida, uma questão para o Tribunal Internacional de Haia.

Maria das Mercês disse...

Ter dúvidas é sinal de inteligência. Duvidemos o mais possível!

mancha negra disse...

Maria das Mercês;

«Ter dúvidas é sinal de inteligência. Duvidemos o mais possível!»

Acho que a Maria das Mercês deve de tirar o cravo do bolso esquerdo. Esse aforismo é o politicamente correcto que os socialistas arranjaram para lhe explicar o conceito de liberdade.

Ter dúvidas é bom, duvidar é positivo, cuspir tontices (porque se é livre) é outra coisa.

Liberdade de expressão; liberdade de especulação. Não junte os conceitos. Há dúvidas que são do foro do senso comum. Se para a sanha que protege o homicida, é ser inteligente porque duvida do acto homicida, então, não é sinal de inteligência, mas sim de prepotência adquirida à base dos apparatchiks!

Su disse...

Maria, já dizia o sábio que só sabia que nada sabia. Num plano mais mundano verificamos que a arrogância intelectual é, geralmente, proporcional a douta ignorância.

Mancha, desculpe lá, mas de aforismos trata o seu comentário, não acha? dê lá uma resposta à dúvidazinha do post, se conseguir...

mancha negra disse...

SU, ao contrário do que a comunicação social faz pensar, Manuel Alegre não tem peso dentro do partido. Há uma componente "histórica", mas Alegre passa como fantasma ou tem peso simbólico.
Além de que não avança para nenhum movimento partido, ou coisa que o valha. Manuel Alegre necessita de garantir a reforma e o poleiro (e não se trata de presidenciais).
Por outro lado a legitimidade de Sócrates vai outra vez subir a palco. O Estado (socialistas) vão votar no seu garante.
No máximo retiram a maioria absoluta, o PSD recupera algumas autarquias.

mancha negra disse...

SU; «A mim interessa-me saber, sobretudo, se foi ou não utilizado fósforo branco em zonas densamente povoadas. Esta sim, sem dúvida, uma questão para o Tribunal Internacional de Haia.»


Falso.

O Fósforo branco não pode ser lançado a partir de plataformas aéreas, em zonas densamente povoadas e com o fito de fazer o maior número de vítimas.
Isto, se Israel tivesse assinado algum tratado (alguns países assinaram).

Convém referir que o fósforo branco foi utilizado pelos EUA no Iraque. Aliás o "fósforo" branco não é uma ARMA, é um componente que serve para criar cortinas de fumo (etc,etc,etc).

Não tem o mesmo fito que o "napalm" nem serve para fazer baixas propositadas.

Acima de tudo Israel não assinou nenhum tratado. É simples, pesquise na internet. Verá.

Su disse...

Mancha, mas eu não falei de Manuel Alegre, apesar de discordar consigo. O valor de Alegre medir-se-ia se Sócrates tivesse a ousadia de se livrar dessa pedra no seu sapato, coisa que não fará porque sabe que não pode arriscar-se, bem lhe basta o BE.
Para muitos votantes, Alegre personaliza o último resquício de uma verdadeira ideologia socialista dentro do PS. O certo é que fora dele o seu "peso" diminuiria substancialmente. Uma coisa são presidenciais, outra são legislativas e o seu "milhão de votos" vale enquanto não o ponha à prova novamente.

Mas valeu a tentativa de resposta. Até porque a pergunta é mesmo retórica.

P.S. - Sobre o fósforo já lhe respondo, que entretanto vou à janta.

Maria das Mercês disse...

Pois devo acrescentar que a minha frase não foi retirada, pelo menos conscientemente, de lado algum. É o resultado de várias influências, desde as aulas de filosofia até ao mundo actual. Olhem que isto de não se poder dizer uma frase sem ser logo rotulada porque o partido x ou z a usou é realmente triste. Limitativo. Já agora, a minha personagem preferida é o Peninha!

mancha negra disse...

Maria das Mercês: « Olhem que isto de não se poder dizer uma frase sem ser logo rotulada porque o partido x ou z a usou é realmente triste. Limitativo.»

É por isso que ainda somos uma democracia débil, com uma liberdade débil, com instituições débeis. Isto porque, ainda se pensa que liberdade é dizer o que se quer, fazer o que se quer. Conceitos muito saloios, introduzidos (e isso sim), por partidos que advogam e postulam essas máximas. Quer queira quer não, todo o bloco do aparelho política situado à esquerda advoga essa "liberdade" (exceptuando o anacrónico PC).


Mas a cereja em cima do bolo; "limitativo".

Como se por si só, a liberdade fosse ilimitada.

Maria das Mercês disse...

Sei que este é um espaço onde se pratica a liberdade de expressão, mas a minha afirmação não colide em nada com a sua liberdade, Mancha Negra. Aliás, se quisesse poderia fazer com as suas afirmações o que você fez com as minhas afirmações. Venho a este blogue porque pertence à minha querida amiga Susana, porque é um blogue que respeito e admiro e acompanho.

passi disse...

a minha afirmação colide qualquer coisinha com a sua. mas colidem rapidamente. nada de muitas fricções, né? um blog que respeito e acompanho e admiro e venero e até gosto de ler...

pois, moi aussi nas

passi disse...

e gosto e admiro e vou por junto ao santinho

já tinha dito?

Anónimo disse...

naa

e gosto e venero e admiro e respeito e colido e raspo e coço e bamboleio e razzmatazz e badapim e badapoom

psst, ó Maria. sinceramente. haja uma santa de uma puta de uma pachorrinha.

isto é tudo a brincar

:)

Anónimo disse...

o que é que faz uma socialista?

n sei, procura pelo cambozinho-Mor e pede-lhe ajuda?????

mas tu és uma socialista?

socialista? desde quando? desde pequenina? quem foi o responsável por tal trauma?

que horror!!! :)

Anónimo disse...

se tivesse um filho socialista, enviava-lhe para o Afeganistão. Se tivesse uma filha socialista enviava-lhe para......






















o Afeganistão.

Anónimo disse...

só mais uma pequena nota.

neste blog pratica-se muita coisa. berlindes, poker de algibeira e, vejam só, até alguma fotografia...


o top do blog parece assim tipo PHOTO

ebocaste memórias fixes, cara sensei SUsu
http://www.photo.fr/